Notícia


Internacional
Fonte: Da Télam - Fonte:

Presidente da França convoca reunião de emergência


Ao saber do atropelamento de centenas de pessoas na noite desta quinta-feira (14), em Nice, o presidente da França, François Hollande, que estava em Avignon, no sul do país, deixou a cidade e convocou uma reunião de emergência com seu gabinete, na sede do Ministério do Interior, em Paris. Segundo as primeiras informações, cerca de 30 pessoas morreram e 100 ficaram feridas quando um caminhão avançou sobre a multidão, que assistia à queima de fogos em comemoração à queda da Bastilha, mais importante feriado nacional francês. ”Tudo indica” que se trata de um atentado, disse o fiscal antiterrorista da França, François Mollins, ao comentar o atropelamento de dezenas de pessoas em Nice. A prefeitura de Nice informou, pela rede social Twitter, que houve um atentado. A prefeitura do Departamento dos Alpes Marítimos, onde está localizada a cidade de Nice, disse que o motorista do caminhão foi morto a tiros pela polícia. “Queridos residentes de Nice, o motorista de um caminhão aparentemente causou dezenas de mortes. Permaneçam no momento em casa. Mais informações em instantes”, escreveu o prefeito de Nice Christian Estrosi, no Twitter. A mídia francesa informou que o caminhão bateu nas pessoas enquanto a multidão estava reunida assistindo a um show de fogos de artifícios durante o feriado, na Paseio dos Ingleses, um ponto turístico muito popular em Nice. Também há informações não confirmadas de tiroteios no mesmo local. Alguns meios de comunicação informaram que o acidente se trata de um ataque terrorista.